MÚLTIPLAS LINGUAGENS E A MATEMÁTICA NO PROCESSO DE ARGUMENTAÇÃO EM UMA AULA DE FÍSICA: ANÁLISE DOS DADOS DE UM LABORATÓRIO ABERTO

Autores

  • Alex Bellucco do Carmo Faculdade de Educação - USP Av. da Universidade, 308 CEP 05508-040 São Paulo-SP Universidade do Estado de Santa Catarina - Centro de Ciências Tecnológicas (CCT) Rua Paulo Malschitzki, s/numero Campus Universitário Prof. Avelino Marcante Bairro Zona Industrial Norte - Joinville-SC - Brasil
  • Anna Maria Pessoa de Carvalho Faculdade de Educação - USP Av. da Universidade, 308 CEP 05508-040 São Paulo-SP

Palavras-chave:

argumentação, laboratório aberto, matemática

Resumo

Analisamos, dentro do referencial de Stephen Toulmin (2006), o processo de argumentação iniciado por um professor, para construir a linguagem matemática como uma forma de interpretar os dados de um laboratório aberto sobre o aquecimento da água. A atividade inseriu-se em uma sequência de ensino investigativo que foi aplicada em uma turma do primeiro ano do Ensino Médio, de uma escola pública do Estado de São Paulo. O uso cooperativo de diversas linguagens foi importante para reforçar os diferentes elementos do argumento, enquanto as linguagens matemáticas, como a gráfica e a algébrica, tiveram o papel fundamental de garantias e refutadores das conclusões, conferindo força a estas últimas.

Downloads

Publicado

2016-07-13

Edição

Seção

Artigos